Portal da Propaganda www.portaldapropaganda.com

TVPortal

25/02/2013 11:29

Patrimônio emocional

Fonte: Mariana Junqueira de Freitas Alves | Assessoria de Imprensa AlmapBBDO | (GC)
This text will be replaced
Caso não possua o plugin, clique abaixo:
Macromedia Flash

A Volkswagen do Brasil lança a campanha integrada do Novo Fusca. Criado pela AlmapBBDO, o trabalho publicitário conta com dois comerciais de 45", nos quais o público é levado a São Paulo dos anos 70, quando o Fusca era o único carro popular e o mais famoso do País. Nesta viagem no tempo, os espectadores são apresentados ao modelo de 2013, o carro do futuro. A campanha terá também mídia impressa, digital e ações diferenciadas e inusitadas durante todo o ano.



Para os brasileiros, o Fusca é mais que um carro. É um patrimônio emocional. É o modelo mais conhecido, querido e carismático do Brasil. Ele reúne milhares de admiradores, fã-clubes e tem até um "dia nacional", comemorado em 20 de janeiro. E agora ele volta com suas virtudes originais, numa versão descolada, ousada, tecnológica e esportiva.



Para destacar essa transformação, a Volkswagen do Brasil reúne em sua campanha vários ícones brasileiros das últimas quatro décadas e volta no tempo para apresentar as novidades do Novo Fusca aos curiosos paulistanos em pleno Viaduto do Chá, no centro de São Paulo. A trilha dos comerciais é País Tropical, de autoria de Jorge Ben Jor. Assim como o Fusca, a música atravessou os anos mantendo-se entre as preferidas dos brasileiros, além de citar o carro em sua letra.



Entre as pessoas que se admiram diante de um carro com linhas e tecnologia totalmente desconhecidas na década de 70, estão o jogador Rivellino e o comediante Mussum em cenas registradas na mesma época. No meio de tantos contrastes, só uma pessoa parece tão moderna quanto o Novo Fusca: o apresentador Cazé Peçanha, um representante do Brasil do século 21 e que explica aos surpresos personagens o que significa cada item do modelo 2013. A assinatura da campanha é "Novo Fusca. O carro voltou".



Bastidores da campanha do Novo Fusca



Reconstituir o Viaduto do Chá dos anos 70, lotado de pedestres com trajes e carros da época circulando não foi exatamente uma tarefa fácil. A produtora Paranoid BR, responsável pelos dois comerciais de lançamento do Novo Fusca, realizou uma longa pesquisa em busca de cenas que mostrassem como era a cidade naquela época. Foram duas semanas de trabalho antes das filmagens, realizadas nos dias 18, 19 e 20 de novembro de 2012, com cerca de 60 figurantes devidamente vestidos a caráter.

Carros e ônibus que cruzam o viaduto são originais.

As cenas com Rivellino e com Mussum também foram minuciosamente analisadas porque era preciso que eles estivessem em situações que se adaptassem às dos comerciais. Rivellino, por exemplo, teria que estar dando uma entrevista. Mussum tinha de estar falando da maneira engraçada que ele criou e que se tornou famosa até hoje.

Na pós-produção, alguns detalhes tiveram que ser inseridos para completar a transformação do cenário. Um deles foi o piso do Viaduto que, naquela época, era composto por milhares de mapas do estado de São Paulo em pedras portuguesas, agora substituídas por um piso liso, de cor escura.



O sucesso do Fusca



Desde o seu lançamento, o Fusca chamou a atenção e despertou a curiosidade do público, se tornando uma verdadeira paixão nacional. Mas, em 1949, quando o modelo entrou no mercado norte-americano, ele causou tanta estranheza que vendeu apenas duas unidades.



Foi graças ao esforço publicitário e à mudança dos hábitos de consumo que o Fusca se transformou em um sucesso mundial, também nos Estados Unidos. A partir daí, o modelo virou uma mania da época, passando a ser reconhecido como veículo utilitário para qualquer finalidade, inclusive por ser o mais econômico e resistente às más condições das estradas brasileiras daqueles tempos.



Com sua publicidade marcante e quase sempre cômica, as campanhas do Fusca trouxeram alguns slogans que ficaram na história, tais como: "Pense pequeno", "A tartaruga mais veloz", "Quer moleza, compre um Santana", "Lave e use", "O óbvio ululante", entre outros. Ainda nos anos 60, uma campanha do Fusca que brincava com a suposta falta de habilidade das mulheres ao volante teve grande repercussão. Sua ousadia transformou a publicidade brasileira.



A história da propaganda do Fusca também se mistura com a história da indústria automobilística no País e até mesmo com a do povo brasileiro, que aprendeu a andar de carro com o modelo, por exemplo.



A paixão do povo pelo Fusca e seu sucesso eram tão grandes que quando foi anunciada sua saída do mercado, em 1986, houve uma grande comoção nacional e até homenagem da concorrência. Em 1993, em seu relançamento feito pelo presidente Itamar Franco – um apaixonado pelo "besouro" – diversas campanhas marcaram seu retorno, como a "Buracos, voltei", "Surpresa", "Confirmado: existe reencarnação" e "Sorria, ele voltou".



As campanhas do Fusca foram uma das mais premiadas em todo o mundo, conquistando importantes reconhecimentos dos mais diversos festivais, anuários e livros editados.

tamanho da letra

a a a

Ficha Técnica

"Céticos" e "Brasil 70"

Diretor geral de criação: Marcello Serpa e Luiz Sanches
Diretor de criação:  Renato Simões, Bruno Prosperi
Criação:  Renato Simões, Bruno Prosperi, Pernil e André Gola
Produtora: ParanoidBR
Produtor executivo: Egisto Betti
Direção: Dulcidio Caldeira
Fotografia: Pierre de Kerchove
RTVC: Vera Jacinto, Ana Paula Casagrande, Tais Olhiara, Rafael Motta e Diego Villas Boas
Trilha/Locutor: Raw Audio e Paulo Ivo
Montador/Editor: Alex Lacerda
Finalizadora: Clan VFX
Atendimento: Fernão Cosi, Filipe Bartholomeu, Vanessa Previero, Ana Beatriz Moreira Porto, Aline Macedo e Olivia Tornelli
Planejamento: Cintia Gonçalves, Sergio Katz, Denis Camargo e Tatiana Weiss
Mídia: Paulo Camossa, Gabriel Queiroz, Danielle Vale, Claudio Knupp
Aprovação pelo cliente: Artur Martins, Ana Paula Lobão e Mari Negrini

ARQUIVO

2014
2013 2013

BuscaRápida

Esqueci! Cadastre-se
© 2002- Revista About e Portal da Propaganda
Redação, Administração, Publicidade, Circulação e Prêmios - R. Cardoso de Almeida 788, 11º andar, cj. 112/113 - Perdizes - CEP 05013-001
São Paulo - SP - Tel. (11) 3675-9065