Portal da Propaganda www.portaldapropaganda.com

Marketing

11/11/2014 16:50FEDERASUL QUER O FIM DA INTERVENÇÃO DO GOVERNO NA ECONOMIAFederasul reforça sua preocupação com o índice de 16% de reajuste do mínimo regional. Entende que não cabe ao governo apresentar índices de reajuste neste patamar porque vai trazer desemprego e criar sérios problemas a uma economia já enfraquecida sem falar na reação em cadeia, pois o reajuste servirá de parâmetro para os dissídios das demais categorias.


FERMENTO A MAIS NO BOLO DOS OUTROS NÃO ARDE?
A preocupação vem acompanhada de um outro fator de tensão, segundo a presidente em exercício da Federasul, Simone Leite: “Quem sente os problemas econômicos é o empreendedor que está vivendo um cenário econômico desfavorável que, com a imposição de um índice num indicador que nem deveria existir, vai acabar não tendo outra alternativa, a não ser demitir e acentuar as desigualdades regionais. Precisamos trazer para a mesa aspectos econômicos e não ideológicos”, enfatiza.


(...)

29/10/2014 15:25AVANÇO ESTRANGEIRONos últimos anos, o Brasil tornou-se uma nação atrativa para executivos estrangeiros, principalmente após a crise que assolou a Europa e os Estados Unidos, a partir de 2008. Apesar da aparente estagnação econômica, o País ainda é destaque nas transferências internacionais, de acordo com uma pesquisa da Brookifield Relocation Services, que promove programas de mobilidade para executivos em todo o mundo. Entre as nações que mais cresceram, o Brasil lidera a preferência de 7% dos entrevistados, seguido da China (4%), Índia (4%) e África do Sul (4%). Entre os principais destinos para os executivos, o Brasil está na 12.ª colocação, atrás de países como Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Canadá, Suíça, entre outros.


MY HOME OR YOUR HOME, SWEET LOVE, I MEAN SWEET MATE?
Em 2013, a Brookifield Relocation Services administrou 276 movimentações de profissionais para o Brasil. Entre as justificativas estão: a liderança brasileira entre os mercados consumidores da América Latina e a grande presença de multinacionais. As transferências englobam tanto cargos de alto escalão como técnicos mais especializados.

 A maioria dos expatriados está na faixa etária entre 30 e 40 anos, é casada e tem filhos. No entanto, verifica-se um aumento significativo de jovens de 20 a 29 anos. Para os analistas, a tendência deverá aumentar, pois a mobilidade é uma das características da Geração Y (nascidos a partir de 1980), que são mais flexíveis do que as anteriores. Eles encaram de modo natural uma experiência profissional em um país estrangeiro e possuem um espírito de aventura.


(...)

Download Marketing Prêmios Marketing

BuscaRápida

Esqueci! Cadastre-se
© 2002- Revista About e Portal da Propaganda
Redação, Administração, Publicidade, Circulação e Prêmios - R. Cardoso de Almeida 788, 11º andar, cj. 112/113 - Perdizes - CEP 05013-001
São Paulo - SP - Tel. (11) 3675-9065