Portal da Propaganda www.portaldapropaganda.com

Cannes

23/06/2013 15:15SOBROU LEÃO E FALTOU GRAND PRIX NO CANNES LIONS 2013 PARA FESTEJAR COMO SE DEVE A CRIATIVIDADE PUBLICITÁRIA, MANTENDO A INTEGRIDADE DA PONTE ENTRE MARCAS E CONSUMIDORESConsiderando a relevância anual dos investimentos feitos nos meios TV e cinema, assim como o crescimento da produção de filmes para internet e mídia móveis, o júri de Film do Cannes Lions 2013, respeitando o regulamento, decidiu outorgar dois Grand Prix na área. 
Assim, presididos por John Hegarty, fundador e criativo da BBH (Bartle Bogle Hegarty), os jurados de Film 2013 escolheram como GP de filme “Dumb ways to die”, da McCann Melbourne para Metro Trans, e como GP de campanha “The beauty inside” (os seis episódios), da Pereira & O’Dell San Francisco para Intel e Toshiba. O trabalho australiano, em 2013 também ganhou o GP de Direct, PR, Radio e Integrated, afora os Leões em diversas categorias. Por sua vez, o projeto norte-americano, também premiado inúmeras vezes, já festejava o GP de Cyber.


ÚNICO LEÃO DE OURO DO BRASIL, "REAL BEAUTY SKETCHES" É PURA PROPAGANDA DO BEM, MAS APLAUSOS QUEM GANHA MESMO É A POLÍCIA AUSTRALIANA QUE SÓ NÃO FICA DE MÃO VAZIA, EM FILME DA CARLTON DRAUGT, PORQUE O CHOPINHO NÃO VAZA...
Mas, justiça seja feita, o Palais de Festivals – qualquer outro auditório também – vem abaixo de aplausos quando os caras da maleta de dinheiro suspeita (ladrões ou suspeitos sem álibi?) fogem da polícia, equlibrando nas mãos seus copos de Carlton Draught, geladíssimos. O auge da peça é o pulo da ponte que se abre, deixando pra trás os homens da lei – todos tendo em punho, também, suas loirinhas para serem deglutidas, sem terem sido vertidas ao chão na perseguição. Tem filme mais politicamente incorreto do que esta maravilha da Clemenger BBDO Melbourne (Austrália)? Por que serão que não levou o Grand Prix? E, olha, eram dois?
(...)

23/06/2013 12:29PADRÃO DE EXCELÊNCIA EM PRODUÇÃO DO REINO UNIDO LIDERA COMPETIÇÃO DE FILM CRAFT 2013 E CELEBRA GRAND PRIXO que não falta é Grand Prix na área de Film Craft de 2013. Um rolo, para dizê-lo à moda antiga e mais romântica, de lacrimejar os olhos – por inveja, no caso dos diretores e produtores. Há quem diga que a qualidade da produção publicitária tem baixado, de modo geral, na veiculação para TV e cinema. Asneira. Varejão sempre vai continuar existindo. Claro, também continuarão existindo anunciantes que confundem a categoria de suas marcas, jogando-as no varejo ao calcular mal suas verbas para planejamento e execução de estratégias de branding e comunicação promocionais, em suas engraçadas mesas de compra, que também confundem papel sulfite em branco com um Portinari. Com visão mais minuciosa, porém, observamos que, mesmo com reveses econômicos, os profissionais do setor conscientes têm feito de tudo para manter e elevar o patamar da qualidade da comunicação, tanto pelo avançar tecnológico, como pela cobrança da competitividade e da sagacidade do público, cada vez maior.


"SOUL", DA F/NAZCA SAATCHI & SAATCHI E SENTIMENTAL CONQUISTA MESMO NÚMERO DE LEÕES NA ÁREA QUE O GRANDE PRÊMIO
Na apresentação oficial dos jurados presididos por Joe Pytka, diretor da Joseph Pytka Productions, “Meet the superhumans”, uma estupenda produção e criação da 4creative London para promover The Paralympic Games no Channel 4, foi eleito o GP, com mais 12 concessões de Leões de Ouro, 8 de Prata e 19 de Bronze. Além de honesto ao exibir os esportistas das paraolimpíadas como eles, de fato, são, com força tremenda em músculo exuberante, cada gota de suor corajoso, cada olhar vigoroso, o GP desmistifica aquele “velho” cenário de coitadinhos quando o tema é enfocado, pois é justamente isso que esses homens e mulheres não o são. Conversando com a imprensa, porém, Pytka revelou que os jurados discorreram muito sobre a escolha do GP e o favorito dele, bem como de outros jurados, era “The lover”, um trabalho da Henry de Czar Paris e Bancon Frederiksberg, criado pela francesa Being Boulogne Billancourt para o site de pornografia sem fins lucrativos Come 4. Afora o sedutor trabalho brasileiro da F/Nazca Saatchi & Saatchi e Sentimental para Leica M-Monochrom, “Soul”, que ganhou 1 Leão de Ouro, 1 de Prata e 2 de Bronze em Film Craft – um dos filmes mais lindos da história da agência e da carreira de Fábio Fernandes, este ano jurado em Film, onde a peça recebeu Leão de Prata –, destaca-se ainda, neste rol de melhores do mundo, “Metamorphosis”, uma triunfante produção da Skinflicks London, sob criação da Havas para promover a exposição “Metamorphosis – Titian”, na National Gallery, em Londres, no ano passado, sob patrocínio do Credit Suisse. É fácil percerber que, neste filme, “riqueza pouca é bobagem”, porém, não é de graça. O espectador tem diante de si um roteiro completo, com a mesma qualidade de produção de um longa para cinema, no melhor do clássico romance.
(...)

23/06/2013 08:02BRASIL VIVE SEU MELHOR ANO EM CANNES. OGILVY ALCANÇA PERFORMANCE HISTÓRICANão foi apenas o recorde em inscrições (3.476) que o Brasil bateu no Cannes Lions deste ano, mas igualmente o de Leões por trabalhos, 114, incluindo os inéditos Grand Prix de Titanium e de Promo & Activation, mais o título de Agência do Ano, para a Ogilvy, e a marca de segunda campanha mais premiada de toda a história do festival, “Real beauty sketches”, da Ogilvy para Dove.
ESTADOS UNIDOS LIDERA COM GRANDE FOLGA
No cômputo geral, porém, os Estados Unidos continuam na liderança com grande margem, pois fizeram 1.142 pontos, com 6 Grand Prix, 34 Leões de Ouro, 61 de Prata, 73 de Bronze e 320 Finalistas; contra os 796 pontos do segundo colocado, o Brasil, alcançados com 2 Grand Prix, 27 Leões de Ouro, 34 de Prata, 51 de Bronze e 259 Finalistas; e os 627 pontos do terceiro colocado, o Reino Unido, obtidos com 1 Grand Prix, 22 Leões de Ouro, 29 de Prata, 49 de Bronze e 171 Finalistas.
(...)

22/06/2013 20:27PARCERIA DA INTEL COM TOSHIBA EM PROJETO DA PEREIRA & O'DELL CONQUISTA GP DE BRANDED CONTENT & ENTERTAINMENTFora ou dentro, senhores e senhoras? Well, depois do Grand Prix de Cyber e tantos outros prêmios já amealhados, “The beauty inside", da Pereira & O'Dell para Intel e Toshiba, levou mais um, desta vez em Branded Content & Entertainment. E a campanha ainda está na metade, hein? O melhor dos vídeos ainda está por vir no desenrolar da história do tragicômico Alex, o sujeito virtual que acorda todas as manhãs com um corpo diferente, embora tendo a mesma personalidade, e cai na asneira, um dia, de se apaixonar, sem saber como fazer para concretizar o relacionamento. Cabe ao público, encarnando o próprio Alex, também dar aquela mãozinha ao rapaz.


HÁ UM MUNDO BEM MELHOR?! TODO FEITO PRA VOCÊ?! É UM MUNDO VIRTUAL E REALÍSSIMO QUE A INTELIGÊNCIA FEZ...
Todavia o júri presidido por Scott Donation, president e CEO da Ensemble, apaixonou-se terrivelmente também por outro trabalho, na hora da discussão do Grand Prix: “The movie out here”, da Grip Limitid Toronto para a cerveja Kokanee. Porque neste, senhores, não é somente um videozinho com narizinhos, boquinhas e olhos que vão preencher o projeto pelas redes sociais, pra chegar numa seleção como a do Alex. Aqui, é asas à imaginação para ajudar a produzir o filme que você nunca veria passar na TV. Captou? A chamada para a brincadeira já insinua o suficiente para o beberrão “cair na cilada”, digamos, que vira marmelada depois do vídeo postado com tudo que mané acha que tem direito. No fim do debate, porém, regado ou não a uísque, ou a cerveja, deu somente Leão de Ouro, segundo Scott, cujos jurados, ao todo, distribuíram 59 troféus, incluso o GP.


(...)

22/06/2013 06:47PRIMEIRO GRAND PRIX DE TITANIUM BRASILEIRO CONTA COM UMA MÃOZINHA DO FBI“Real beauty sketches”, da Ogilvy para Dove, conquistou o primeiro Grand Prix de Titanium para o Brasil no Cannes Lions, , em júri presidido por Dan Wieden, co-fundador e chairman da Wieden+Kennedy, que não teve representante brasileiro. De repercussão fenomenal – 73,7 milhões de views no YouTube e 3.8 bilhões de impressões globalmente –, o trabalho já havia conquistado, nesta edição do festival, 5 Leões de Ouro (Cyber, Press, PR, Promo & Activation e Media), 3 de Prata (dois em Direct e 1 em Design) e 5 de Bronze (Direct, Media, Cyber e Outdoor).


SE TODA MULHER É MAIS BONITA DO QUE PENSA, TALVEZ O MUNDO SEJA UM LUGAR MUITO MAIS LINDO PRA HUMANIDADE VIVER DO QUE QUALQUER SER HUMANO JÁ SUPÔS. QUANDO FOI QUE A TERRA DEIXOU DE SE ACHAR BONITA? TALVEZ AS MULHERES SAIBAM A RESPOSTA...
Centrada no tema “você é mais bonita do que pensa”, a campanha integra inúmeras plataformas para convencer as mulheres que, de um modo geral, a maioria delas se deixa levar por traços de baixo estima quando descrevem a si mesma, empobrecendo a imagem interna e externa que possuem. O contraste se torna visível quando outras pessoas as descrevem, como atesta um convidado de Dove, especialista do FBI em retratos falados. Em diversas entrevistas, ele desenha mulheres descritas por elas mesmas sem vê-las. As mesmas mulheres são desenhadas por ele descritas por outras pessoas. O fantástico resultado mostra que a maioria das mulheres se vê com imagens mais empobrecidas do que aparentam na realidade.
(...)

21/06/2013 13:45MAIS UMA CONFIRMAÇÃO DE LIDERANÇÅ EM EXCELÊNCIA DE PRODUÇÃO DE INGLESES E NORTE-AMERICANOSNesta deliciosa área do Cannes Lions, Film Craft, Estados Unidos e Reino Unido continuam liderando desde início, em 2013 com 49 Finalistas para o país de Obama e 39 para a nação da rainha Elizabeth II. Também estão bem representados na shortlist: França, com 17 filmes; Austrália, 13; Brasil, 10; Alemanha, 5; e Índia, 5.


ALMAPBBDO, DDB, LODUCCA, F/NAZCA S&S E OGILVY REPRESENTAM O BRASIL NA SHORTLIST DE FILM CRAFT
Presidido por Joe Pytka, diretor da Joseph Pytka Produções, o júri teve como representante brasileiro João Daniel Tikhomiroff, presidente da Mixer, para avaliar 2.029 inscrições, dentre as quais somente 158 foram classificadas.


(...)

21/06/2013 13:07MUITAS CHANCES A MAIS DE LEÕES PARA OS ESTADOS UNIDOS EM BRANDED CONTENT & ENTERTAINMENTCom 35 Finalistas, do total de 105 que compõem a shortlist após análise de 968 trabalhos inscritos, Estados Unidos lideram a final da competição de Branded Content & Entertainment Lions 2013, disparando com enorme vantagem à frente do segundo colocado, o Brasil, que tem 10 trabalhos classificados sob o critério do júri presidido por Scot Donation, president e CEO da Ensemble e é seguido de pertinho pela Austrália, com 9 indicações.


AFRICA, ARTPLAN, DDB, GREY 121, LEO BURNETT TAILOR MADE E OGILVY ESTÃO NA SHORTTLIST PELO MERCADO NACIONAL
Na sequência, os países que mais se sobressaem nessa lista são: Alemanha, com 5 Finalistas; Nova Zelândia, 5; França, 4; Itália, 4; Grécia, 3; Polônia, 3; África do Sul, 3; Reino Unido, 3; Canadá, 2, China, 2; Colômbia, 2; Suécia, 2; Holanda, 2; Filipinas, 2; Tunísia, 2; Áustria, 1; Bélgica, 1; Malásia, 1; Paraguai, 1; Peru, 1; Portugal, 1; e Porto Rico, 1.


(...)

21/06/2013 11:49WIEDEN+KENNEDY PORTLAND REPRESENTA OS EUA, LÍDER NA SHORTLIST DE TITANIUM AND INTEGRATED, COM TRÊS FINALISTASDentre 437 inscrições, 30 foram selecionadas como Finalistas pelo júri de Titanium and Integrated Lions 2013, presidido por Dan Wieden, co-fundador e chairman da Wieden+Kennedy, que este ano teve 15% menos trabalhos para avaliar do que em 2012, embora a área continue competitiva, pois, de acordo com seus objetivos, desde 2003, a proposta nunca foi ter neste rol um número excessivo de cases para ser analisados pelos jurados, mesmo porque o procedimento se tornaria impossível em razão do tempo e dedicação necessários para cumprimento da missão.


ENTRE AS BRASILEIRAS, INDICAÇÕES APENAS DAS AGÊNCIAS DDB, LEO BURNETT TAILOR MADE E OGILVY

Mais uma vez, o Estados Unidos lideram a shortlist, com 12 indicações, que englobam as seguintes empresas: Pereira&O’Dell San Francisco, Wieden+Kennedy Portland (três Finalistas), Ogilvy New York, CP+B Boulder, Nike Comms Team Portland, Barton F. Graf 9000 New York, DE-DE New York, BBH New York, Droga5 New York e The Martin Agency Richmond.


(Na foto, imagem de "The beauty sketches", da Ogilvy Brasil para Dove)
(...)

21/06/2013 09:22ESTADOS UNIDOS GIRAM O MUNDO E CONTINUAM COM A CHAVE DO CYBERSPACESe muitos ainda pensam que existe um gap entre o mundo virtual e o mundo real dificultando que histórias sejam vividas intensamente entre seres humanos, entre comunidades, entre cidadãos e governos, entre cidadãos e empresas, entre plateia e artistas, entre consumidores, marcas e produtos, bem, sinto muito afirmar, mas, basta olhar para o Brasil dos últimos dias, assim como para um dos Grand Prix deste Cannes Lions para crer: ele acabou. Come on… meu pai tem 89 anos e não conseguiu ultrapassar, infelizmente, essa fronteira, porém, tem plena consciência que ela existe, de que ele lê diariamente o Estadão no papel, enquanto eu e meu filho viramos o mundo de ponta cabeça a bel prazer. Ele ri, lamenta a falta de agilidade e, se damos colher, dá uma giradinha no iPad.
EM QUANTOS INTERIORES A BELEZA E A FEIÚRA DOS HOMENS PERMANECERÃO ESCONDIDAS COM A BUSCA DA QUEBRA DE BARREIRAS ENTRE VIRTUAL E REAL?
Então, Bob Greenberg, fundador, chairman e CEO da R/GC, que apesar dos cabelos brancos é bem mais “flexível e smartman” que meu pai, vem de lá do seu cyberspace a nos contar, mais uma vez, que o ser humano ama estar conectado; portanto, se toda marca tem um sistema espacial, nada mais fácil, neste presente, do que fazer esse link, dizendo-se adeus aos sites estanques do passado, onde tudo começou, com a velha página na internet estampando o endereço e o telefona da empresa.
 Susan Bond, chief executive officer da 42 Enternainnment, uma das juradas, reforça essa ideia do “hello again” das marcas nas vidas das pessoas com esse intercâmbio de histórias que todos gostam de curtir, nelas caminhando junto com os amigos e os familiares pelo compartilhamento de emoções e pensamentos. São as redes sociais unidas a essa estrutura arquitetônica que elimina os gaps entre as marcas e os cidadãos, aproximando comunidades e introduzindo até o novo na vida delas.
(...)

21/06/2013 06:51EMPRESAS DE DESIGN DO JAPÃO E DA ALEMANHA REINAM NO CANNES LIONS 2013Das 2.373 inscrições recebidas (9% a mais que em 2012), a comissão julgadora de Direct Lions 2013 selecionou para apresentar ao mercado 1 Grand Prix, 23 Ouros, 51 Pratas e 66 Bronzes, tendo pilares bem definidos como critério para fazer essa escolha, sob a presidência de Mary Lewis, sócio fundadora e diretora de criação da Lewis Moberley. Mas a primeira colocação dos membros do júri da coletiva de imprensa foi frisar que, atualmente, tudo acontece por meio do design na comunicação do mundo contemporâneo, para que a discussão abarcasse a amplitude do espectro dos trabalhos avaliados e a relevância da outorga dos prêmios. Todos os jurados também confessaram ser extremamente excitante estar assim tão perto dessa enorme gama de projetos de design, visto que a natureza intrínseca de cada um deles é justamente tocar o ser humano, mexer com suas emoções, provocar reações, ativar a mente, o comportamento.


UM GRANDE PROJETO DE DESIGN QUER DIVIDIR COM O PÚBLICO ALVO O MELHOR DA ALMA DE UMA MARCA, QUER DAR A ELE A EXPERIÊNCIA DE SER E ESTAR FELIZ EM BOA COMPANHIA, QUER MOVÊ-LO PARA UM ESTADO DE BEM-ESTAR PERMANENTE NO QUAL O CONSUMO FAZ BEM PARA AS SENSAÇÕES DO CORPO E DA MENTE
Seguindo essa linha de raciocíno, Lewis salientou que vão longe os tempos que um trabalho de design podia ser mais ou menos apreciado somente pelo emprego de uma cor, de um corte estético, de uma arquitetura mais clássica ou moderna, tendo-se em perspectiva a necessidade do projeto contar uma história para o público, sob o ponto de vista de uma marca, incluindo o cidadão nessa vivência, nessa experência, nessa sensação que deverá se tornar uma lembrança positiva.
(...)

20/06/2013 11:11SHORTLIST REDONDÍSSIMA PARA OS ESTADOS UNIDOS: 100 FINALISTAS EM FILM LIONSSão 100 Finalistas para os Estados Unidos e 51 para o Reino Unido na shortlist de Film, com júri presidido, em 2013, por John Hegarty, fundador e líder criativo da Bartle Bogle Hegarty (BBH), que selecionou, dentre 3.125 inscritos, 285 concorrentes para a final, dentre os quais também se destaca o volume de indicados da França (19), da Austrália (13), da Argentina (11), do Canadá (10), da Bélgica (9), do Brasil (9), da África do Sul (8) e da Noruega (8).


ALMAPBBDO, BORGHI/LOWE, F/NAZCA S&S, HAVAS, LEO BURNETT TAILOR MADE, LODUCCA E OGILVY ESTÃO NA FINAL PELO BRASIL
Festejam ainda presença neste prestigiado rol: Suécia (6), Itália (5), Japão (4), Nova Zelândia (4), Holanda (4), China (4), Alemanha (3), México (3), Tailândia (3), Espanha (2), Dinamarca (2), Hong Kong (2), Portugal (1), Líbano (1), Irlanda (1), Porto Rico (1) e Emirados Árabes (1).
(...)

19/06/2013 22:19BATMAN COM MEDO DE LEÕES? NEM ROBIN, AFINAL, iPAD É MINI E O GRAND PRIX, DOS ESTADOS UNIDOSQuando ficamos expostos a longas jornadas em meio a um universo que parece sem limites de informações, necessariamente atento a tudo que nos chega e a tudo que possa estar nos escapando, pois é assim que atuamos em exercício de reportagem em busca da notícia num ambiente predeterminado para mirar e expandir nosso foco, certos sentidos, por obrigação do ofício, ficam mais aguçados, e, consequentemente, nosso organismo fica um tanto sobrecarregado, o que gera, em alguns momentos, sensações mais intensas, em similitude ao esforço que também fazemos com sistemas auditivos, visuais e de reflexão, com mecanismo cerebral-nervoso mais acelerado. É assim para os jornalistas e fotógrafos nos corredores, salas de meeting, auditórios do Palais de Festivals, bem como pelas ruas da cidade e até nos hoteis.

 Nosso estado, portanto, não é o mesmo, podemos dizer, de um consumidor comum no dia a dia, ao ser submetido a mais uma mensagem publicitária que, em qualquer manhã, chega até ele por qualquer plataforma e meio de comunicação. Às vezes, quando temos fome, parece que ela é a maior do mundo naquele exato instante que ainda não acabamos de digitar um texto ou transmitir uma foto por email. Às vezes, ao contrário, não podemos sentir nem o cheiro, que praticamente não existe, de um copo quase vazio de Coca-Cola – lotados de informação, nesse minuto, transferimos para o estômago a náusea cerebral. Acontece. Hora de tomar água, ar, de refresh.
PONTUAÇÃO BRASILEIRA É MAIS QUE 2 VEZES MAIOR QUE A INDIANA, MAIS QUE 3 VEZES MAIOR QUE A NORTE-AMERICANA, É SUCESSO EM LEÕES DE PRESS PRA SE ENXERGAR DE LONGE
Não somos anormais nesse contexto. Nem mais frágeis do que qualquer pessoa. São nossos ossos. Apenas isso. Eis porque, por mais estranho que pareça, mas metáforas da psicologia ocupacional explicam com simplicidade o caso, eu sinto uma “fome” imensa quando aprecio os Leões de Ouro da área de Press do Cannes Lions. Uma fome tão inusitada que este fabuloso anúncio criado pela Young & Rubicam Dubai para a Land Rover me dá água na boca! Todavia, para matar a vontade da guloseima – “fruit bat” –, eu teria de dar um pulinho na Ilha de Palau, que fica na Micronésia. Uau… Tens estômago pra ir comigo?

(...)

20/06/2013 12:33CRIATIVIDADE FALA MAIS ALTO EM RADIO LIONS COM GRAND PRIX Os personagens de animação da campanha “Dumb ways to die”, da Metro Trains, não
 apareceram na sala de coletiva de imprensa da área de Radio Lions, mas a canção que os acompanha em todas as mensagens, sim, pois, como jingle de radio, levou o Grand Prix. E, mesmo no seu compasso melodioso, abriu uma bela discussão entre jornalistas e jurados sobre peças de relevância na sustentação de campanhas de comunicação integrada e trabalhos premiados que, de fato, traduzam a importância para a indústria da publicidade de uma determinada plataforma de mídia.

 Óbvio, além de defender o Grand Prix, ressaltando seu efetivo uso da mídia, sua brilhante execução, sua capacidade de contribuir para a integração dos demais canais, sua carga emocional para tocar as pessoas, os jurados presididos por Ralph van Dijk, fundador e diretor de criação da Eardrum londrina, sugeriram aos jornalistas que apreciassem as demais peças agraciadas com Leões, 46 no total, número que representa 30% do total de inscrições (1.552), salientando que é fundamental, no caso do meio rádio, que a “criatividade sempre fale mais alto”, tamanha é a complexidade para realmente prender a atenção do público-alvo, nos dias de hoje, somente pela audição, motivo pelo qual nada mais razoável do que um bom trabalho coordenado para potencializar os efeitos da comunicação como um todo.


ÁFRICA DO SUL É O PAÍS MAIS PREMIADO EM RADIO LIONS
Surpresa boa, a África do Sul pontuou lá na frente, com 2 Leões de Ouro, 1 de Prata, 3 de Bronze 2 e 22 Finalistas (50 pontos), tendo na vice-liderança os Estados Unidos, com 1 Leão de Ouro, 2 de Prata, 4 de Bronze e 16 Finalistas (45 pontos); e, em seguida, o Reino Unido, com 1 Leão e Ouro, 4 de Prata, 2 de Bronze e 5 Finalistas (38 pontos).
(...)

19/06/2013 18:15SMART IDEA FOR OUT OF HOME FOR SMARTER OUTDOOR GRAND PRIX Um dos mais perfeitos e atraentes trabalhos de mídia exterior que os delegados já viram circulando na história do Festival de Cannes foi agraciado com o grande prêmio de Outdoor este ano. Um magnífico case da Ogilvy Paris para a IBM, o qual, como se pode claramente notar pelas imagens aqui reproduzidas, sabiamente promove a marca em adequação à sua estratégia de comunicação e presta gentilezas ímpares para os cidadãos nas ruas da cidade, indo de encontro ao trabalho de utilidade e preservação pública para transeuntes. Um mimo que, para valer a pena, também precisa contar com um jeito “smart” de viver em comunidade, de modo que as peças sejam respeitas e valorizadas para durar mais e serem mais adotadas, bem como renovadas.


OGILVY VAI COM TUDO PARA O PALCO DO PALAIS DES FESTIVALS, ENQUANTO BRASILEIROS FESTEJAM NOVA VITÓRIA COMO NAÇÃO MAIS PREMIADA
E foi buscando esse mesmo nível de excelência nos demais concorrentes que o júri presidido por Tony Granger, global chief creative officer da Young & Rubicam, selecionou os demais 139 trabalhos merecedores de troféus, dentre os quais 3 Leões de Ouro, 2 de Prata e 11 de Bronze para o Brasil, além de 90 Finalistas, totalizando para o nosso país 154 pontos, isto é, o primeiro lugar no ranking das nações mais preamiadas em Outdoor Lions. O resultado já era esperado após ter sido anunciado que 106 peças brasileiras compunham a shortlista da área.


(...)

19/06/2013 00:49PELOTÃO DE ELITE DO DESIGN INCLUI ALEMANHA, JAPÃO, ESTADOS UNIDOS, REINO UNIDO E ÍNDIAA única novidade na shortlist de Design Lions é a presença da Índia ao lado dos Estados Unidos e do Reino Unido, com 19 Finalistas cada, e só abaixo da Alemanha, tradicional líder dessa área, que segue com 25 trabalhos, e do Japão, que emplacou 20. Juntos, esses países representam quase metade dos 234 classificados para a fase final.
BRASIL VAI UM POUCO MELHOR NA PRIMEIRA ETAPA
O Brasil passou dos 13 Finalistas em 2012 para 16 este ano. Um resultado um pouco melhor, pois de 225 inscrições do ano passado passou para 247 agora. Número abaixo apenas dos EUA, que vieram com 396 concorrentes, seu recorde até hoje. Foram mais inscrições brasileiras que as da Alemanha (200), Reino Unido (195), Japão (120) e Índia (116). Sob a presidência da inglesa Mary Lewis, fundadora e diretora criativa da Lewis Moberley, o grupo de 20 jurados inclui dois brasileiros: Luciano Deos, fundador e ceo da Gad, e Gustavo Greco, da Greco Design. Eles tiveram a extensa tarefa de selecionar os trabalhos que continuam em busca de Leões de um total de 2.373 inscritos, o recorde do festival em todos os tempos e 9% a mais que em 2012.
(...)

18/06/2013 22:54ESTADOS UNIDOS MANTÊM A TRADIÇÃO E DISPARAM EM CYBER LIONSTudo indica que a performance americana em Cyber Lions será novamente arrasadora. Dos 196 trabalhos que entraram para a shortlist, 56 (28,6%) são dos Estados Unidos, que estão bem à frente do Reino Unido, com 22 Finalistas; Austrália, com 19; Suécia e França, com 12; e Canadá, com 10 competidores por Leões.
BRASIL CONTINUA COM POUCAS CHANCES
Para o Brasil, o panorama continua ruim. Depois dos 9 Finalistas de 2012 que se transformaram em apenas 3 Leões de Bronze, começamos este ano com apenas 5 trabalhos sendo classificados para a final entre nossas 142 inscrições. Não vai ser fácil a tarefa de nosso representante no júri, José Henrique Borghi, ceo da Borghi/Lowe, para reverter a tendência de queda da performance brasileira. O júri está sendo liderado por um dos pioneiros e mais competentes profissionais dessa área, Bob Greenberg, fundador, chairman e ceo da R/GA, e tem a incumbência de destacar o melhor de uma área que continua na vanguarda da propaganda e que várias vezes, como no ano passado, com Nike Fuelband, ampliou as fronteiras da comunicação de marketing. Trabalho que, vale lembrar, foi liderado pelo próprio Greenberg.
(...)

18/06/2013 21:38ÁFRICA DO SUL, EUA E AUSTRÁLIA LIDERAM SHORTLIST DE RADIO. BRASIL MELHORA PERFORMANCE DE SAÍDADepois do Grand Prix de Radio Lions de 2012, conquistado pela Talent, não será fácil para o Brasil repetir a performance este ano. Mesmo com mais Finalistas agora em 2013, que são 12, contra os 9 de 2012. No geral, saímos da sétima posição na shortlist para a quinta, ao lado do Reino Unido e atrás da África do Sul (29 Finalistas), Estados Unidos (23), Austrália (15) e Emirados Árabes (14).
RADIO LIONS FOI UMA DAS 5 ÁREAS COM MENOS INSCRIÇÕES
A área de Rádio Lions foi uma das cinco que perderam inscrições neste ano: 13% a menos, saindo dos 1.784 concorrentes para 1.552. Mesmo assim é um número importante para esse meio e os jurados, sob a presidência do australiano Ralph van Dijk, founding creative director da Eardrum, têm a difícil tarefa de julgar o melhor considerando culturas e línguas muito diferentes (mesmo com a tradução para o inglês). Nosso jurado é João Livi, chief creative officer da Talent, que chega com a autoridade de ter ganho o GP de 2012. (...)

18/06/2013 18:37EMOÇÃO PARA VENDER SEGURO FUNERAL LEVA GRAND PRIX EM MEDIA LIONSUma empresa holandesa que vende seguros para pagar funerais e opera com o significativo nome de Delá, fez uma emocionante campanha para gerar awareness para sua marca e negócios utilizando de modo muito inteligente a emoção das pessoas em relação a seus familiares e amigos. Através de intervenções ao vivo, anúncios de jornal, posters, posts na internet e até um programa de televisão, incentivava as pessoas a falarem ou mandarem uma mensagem para seus entes queridos, “antes que fosse tarde”. A campanha envolveu todo o país e os resultados de negócios cresceram 50%, de forma natural, sem apelações e ainda aproximando as famílias da Holanda. Trabalho da Ogilvy & Mather Amsterdam.
BRASIL CONQUISTA 5 LEÕES A MAIS E SOBE NO RANKING
No geral, porém, foi a Austrália que se destacou no Media Lions deste ano, com a conquista de 4 Leões de Ouro, 2 de Prata, 4 de Bronze e 8 Finalistas, totalizando 58 pontos e retirando a posição de liderança dos Estados Unidos, que ganhou em 2012 e agora foi para o terceiro lugar, com 2 Leões de Ouro, 2 de Prata, 4 de Bronze e 18 Finalistas (54 pontos). Em segundo lugar, desbancando a Alemanha, ficou o Reino Unido, com 1 Leão de Ouro, 5 de Prata, 6 de Bronze e 5 Finalistas (55 pontos). O Brasil conseguiu a quarta posição (subindo da quinta no ano passado), com 1 Leão de Ouro, 2 de Prata, 6 de Bronze e 14 Finalistas, atingindo os 49 pontos. (...)

18/06/2013 17:31ESTADOS UNIDOS CONQUISTAM GP E UM LEÃO EM INNOVATION. ESTREIA DA ÁREA SURPREENDE COM ESTATUETAS PARA POLÔNIA E RÚSSIANão foi nesta estreia de Innovation Lions que o Brasil arrebatou seu primeiro trofeu na área. Os três trabalhos Finalistas do país ficaram mesmo na shortlist, que era composta de 25 indicações, dentre as quais somente 4 foram transformadas em Leões pelos jurados, presidido por David Droga, fundador e creative chairman da Droga5, com sede em New York. Dos 4 ganhadores, o Grand Prix foi concedido a “open source” plataforma de desenvolvimento de software para codificação de criação denominada “Cinder”, do Barbarian Group New York. Trata-se de uma ferramenta que, originalmente, teve como propósito servir a necessidades internas da agência. A partir de 2010, a Barbarian Group passou a disponibilizar a plataforma para terceiros, hoje já utilizada por marcas como Adidas e Nike. Atente-se para o fato que o caráter mais inovador do projeto está nas suas possibilidades de expansões criativas.
PARA DESTRAVAR A CRIATIVIDADE, MUITA INOVAÇÃO É BEM VINDA. SOB TODOS OS ÂNGULOS
A ferramenta não responde somente às necessidades de clientes e marcas, sob perspectivas de diversos públicos, neste presente, estando, na verdade, pronta para ser manipulada de modo a atender expectativas que correspondam a ideais estéticos e de linguagem no amanhã, desde que profissionais experientes e bem antenados saibam dela fazer bom uso.

 A escolha do Grand Prix explica o desafio dos jurados da nova área, como explicou Droga, salientando que por mais fantástica que seja uma ideia isto não significa que ela também seja uma ideia inovadora, sendo que a missão de mais este grupo de profissionais que passarão a ser reunir em Cannes na avaliação dos trabalhos inscritos em Innovation será um diálogo permanente com o futuro, com as tendências, com as possibilidades de linguagem, de novos meio de comunicação, de novas tecnologias para conectar marcas e serviços com novas gerações de consumidores.


(...)

18/06/2013 13:52GRAND PRIX DE MOBILE É A PALAVRA AMIGA QUE AS ESCOLAS PÚBLICAS DAS FILIPINAS QUEREM ENSINAR E APRENDERCom 55 pontos advindos de 1 Leão de Ouro, 5 de Prata, 5 de Bronze e 8 Finalistas, os Estados Unidos dispararam na frente como nação mais premiada em Mobile Lions nesta edição do Festival de Cannes, perdendo, porém, o Grand Prix para as Filipinas, que coube ao "Smart Public Affairs", da Smart Communications, que, nas Filipinas, com apoio da DDB DM9JAYMESFU Makati City, entrou em ação como apoio de aprendizado para escolas públicas, auxiliando no ensino de atividades, como o idioma inglês, por meio de plataformas acessíveis (um celular, por exemplo), o que possibilita a economia de gastos com livros, seu transporte, condições de manuseio em sala de aula e espaço para guardá-los nas casas das famílias de menor poder aquisitivo.


AFRICA, ALMAPBBO, DDB, LODUCCA E Y&R SÃO AS BRASILEIRAS DISTINGUIDAS COM LEÕES EM MOBILE
O presidente do júri, Rei Inamoto, chief creative officer e vice-presidente da AKQA, nascido em Tóquio, não economizou elogios ao Grand Prix e frisou que homenagear um trabalho desta natureza, numa premiação de tamanha importância, ressaltando as características inovadoras e criativas do case, embute, para os profissionais envolvidos com a análise, uma imensa satisfação pessoal. Afora o GP, foram distribuídos mais 59 Leões pelos jurados.
(...)

17/06/2013 22:23EM PRESS, BRASIL ESTÁ NOVAMENTE NA POLE POSITIONComo acontece desde 2010, o Brasil está na liderança da área de Press Lions, a segunda mais tradicional e a maior em número de inscrições. Em 2013 foram 5.711 trabalhos, mesmo caindo 7% em relação ao ano passado (quando elas foram 6.056 – o recorde histórico para uma área no Cannes Lions).
Secundando o Brasil na pole position estão a Índia, com 37 Finalistas; Estados Unidos, com 30; Singapura e Tailândia, com 26; China e Emirados Árabes, com 25; e África do Sul, com 24 concorrentes; e França, com 22.
ALMAPBBDO SEGUE SUA TRADIÇÃO E VAI PARA A SEGUNDA FASE COM 29 FINALISTAS
Seguindo sua tradição de alta performance em Press, a AlmapBBDO entra para a etapa final de julgamento do Press Lions com 29 Finalistas. O júri, presidido pelo sócio e diretor de criação da agência, Marcello Serpa, conta ainda com outro brasileiro, Ricardo John, diretor executivo de criação da JWT Brasil.
Além da AlmapBBDO, a Y&R está forte na parada, com 26 Finalistas; sendo seguida, no caso das agências brasileiras, pela Ogilvy, com 11; DDB Brasil e Leo Burnett Tailor Made, com 8 cada; e F/Nazca S&S, com 6 concorrentes na etapa conclusiva. (...)

17/06/2013 22:26OUTDOOR: BRASIL RUMO AO PENTA?Pelo que demonstra a shortlist da área de Outdoor, o Brasil caminha para a quinta vitória consecutiva nessa área, pois mais uma vez está na frente em número de finalistas, com 106 trabalhos distribuídos entre 49 peças e séries. Todos os demais países, mesmo os que melhor se saíram até agora, estão longe desse patamar: França, com 45; Índia, com 43; Alemanha, com 39; Reino Unido, com 38; Estados Unidos, com 35; e Singapura, com 31.
OGILVY DESPONTA COM 24 FINALISTAS
Entre as agências de nosso país, a Ogilvy Brasil destaca-se bastante entre elas, com 24 Finalistas, contra Y&R, com 15; DDB Brasil e Leo Burnett Tailor Made, com 13 cada; AlmapBBDO, com 8; e Publicis, com 6. Mas a Ogilvy também se ressalta no panorama mundial, pois nenhuma outra entrou com tanta força nesta competição de Outdoor Lions. (...)

17/06/2013 22:29AGÊNCIAS BRASILEIRAS INVESTEM PARA RECUPERAR TERRITÓRIO PERDIDO EM MEDIA LIONSColadinho com os Estados Unidos, que tem 26 Finalistas, o Brasil está na final de Media Lions com 25 trabalhos, com a esperança de alcançar uma pontuação que, em 2013, eleve a nação do quinto lugar ocupado no ranking dos países mais premiados em 2012, melhorando assim a imagem dos profissionais que se dedicam à atividade em suas agências de propaganda em território nacional.
AFRICA E OGILVY TÊM MAIS CHANCES DE LEÕES ENTRE AS BRASILEIRAS CLASSIFICADAS
A área de Media não teve crescimento em número de inscrições nesta edição do Cannes Lions. Ao contrário. Descresceu 7%. Ainda assim, não se pode considerar fácil o trabalho dos jurados presididos, em 2013, por Jack Klues, chairman da VivaKi, visto que sua missão foi avaliar 3.031 concorrentes inscritos. Desse total, o maior volume encaminhado a Cannes foi dos Estados Unidos (419), seguido pelo Brasil (251), pela Alemanha (182) e pela Austrália (153).

17/06/2013 21:35LEVANDO NA BRINCADEIRA, PARECE QUE CAIU APENAS UM SEIS, MAS JURADOS DE MOBILE LIONS ECONOMIZAM PRA VALER NA COMPOSIÇÃO DA SHORTLISTMais de 20% das inscrições na área de Mobile (1.061 trabalhos) foram realizadas pelos Estados Unidos (224 concorrentes), que desponta na shortlist com 18 Finalistas, à frente do Brasil, que segue na disputa com 11 trabalhos, escolhidos pelos jurados, presididos por Rei Inamoto, chief creative officer e vice-presidente da AKQA, dentre os 98 que encaminhou ao Cannes Lions em 2013.


AGE ISOBAR, AFRICA, ALMAPBBDO, ARTPLAN, BORGHI/LOWE, DDB, LODUCCA, OGILVY E Y&R ESTÃO NA FINAL PELO PÁREO NACIONAL
A área cresceu 10% m volume de concorrentes na comparação com 2012, permitindo que a comissão julgadora selecionasse uma boa safra de pretendentes a Leões, composta de 101 indicações.


(...)

17/06/2013 20:02ESTE GRAND PRIX É DA TORCIDA Foi difícil, mas somando apenas 4 pontos a mais que os Estados Unidos, finalmente o Brasil inverteu com a nação de Obama as posições de liderança no ranking dos mais premiados em Promo & Activation. Em 2013, ano de final com mais intimidade para brasileiros do que norte-americanos, o primeiro lugar é do país da Dona Dilma, que, como todos sabem, também gosta muito de uma boa promoção bem ativada na boca do caixa, principalmente na hora do combate à inflação – sob controle, claro, sempre sob controle.
BRASIL VIRA POR QUATRO EM CIMA DOS ESTADOS UNIDOS E SAI CONSAGRADO COMO CAMPEÃO DO MUNDO EM PROMO & ACTIVATION
Não só abocanhamos a primeira posição com 82 pontos, como, juntamente com 5 Leões de Ouro, 5 de Bronze e 22 Finalistas, também ganhamos um Grand Prix, com um trabalho da Ogilvy para o Sport Clube do Recife: “Immortal fans”. E antes que alguém comece a questionar o caráter filantrópico do esforço de comunicação, cuja missão era incentivar a doação de órgãos entre os torcedores do time, lembre-se, como o fez o próprio presidente do júri desta área, Rob Schwartz, global creative presidente da TBWA\Worldwide, que o cliente não é uma entidade ou instituto de caridade, mas sim um clube esportivo. Por seu turno, o briefing recebido pela agência era solucionar um problema emergencial, ativando doações, o que exigia uma série de ações e trabalhos de comunicação para obter conscientização e engajamento.
(...)

17/06/2013 17:37ALEMANHA E REINO UNIDO LIDERAM PELA PONTUAÇÃO O RANKING DE PAÍSES MAIS LAUREADOS EM PR LIONSAs chances de conquista de Leão eram maiores para os Estados Unidos e Reino Unido em PR Lions, este ano, de acordo com a apresentação da shortlist neste 16 de junho. A análise foi confirmada na divulgação dos resultados, porém, alemães e britânicos parecem ter mentalizado, em "contato com os deuses da propaganda", um mesmo pedido: somar 60 pontos para fazer bonito na 60º edição do Cannes Lions. E deu certo! Dividem, portanto, as duas nações o primeiro lugar no ranking dos países mais premiados da área, embora o Grand Prix tenha sido concedido à Austrália, cujo cômputo advindo de mais 2 Ouros, 3 Pratas, 3 Bronzes e 3 Finalistas (41 pontos) lhe deu o terceiro lugar no mesmo rol, atrás dos Estados Unidos, com 47 pontos por 3 Leões de Ouro, 2 de Prata, 2 de Bronze e 7 Finalistas.
BRASIL VOLTA AO PÓDIO EM 2013 COM 6 LEÕES, 3 DELES CONQUISTADOS PELA OGILVY
O Brasil festeja a quarta posição entre os países mais premiados, totalizando 38 pontos, oriundos de 3 Leões de Ouro, 3 de Prata e 2 Finalistas. Glória aos deuses da comunicação de marketing, também, visto que, em 2012, dentro todos os inscritos do nosso país apenas três cases retornaram para casa com a distinção de Finalistas.
(...)

17/06/2013 12:31AUSTRÁLIA DOMINA ENTRE VENCEDORES DE DIRECT LIONSO mimoso Grand Prix "Dumb ways to die", da McCann Melbourne para Metro Trains, foi a coração da performance da Austrália em 2013 na área de Direct Lions do Festival de Cannes, na qual o pais também conquistou 5 Leões de Ouro, 2 de Prata, 4 de Bronze e 17 Finalistas, totalizando 74 pontos. Se fazer com que mais de 42 milhões de pessoas se conectam positivamente com uma mensagem, curtindo música, personagem, conteúdo, o que possibilita a uma companhia diminuir em 21% os acidentes e mortes nos percursos de trens, é bom demais pro gosto popular, tem de ser mesmo digno de prêmio para profissionais que entendem do ofício, afinal, tanto o gesto deles, como o daqueles que elaboraram o trabalho da Metro Trains contribuirá para que os apelos prossigam.
ÚNICO LEÃO DE OURO BRASILEIRO É CONQUISTADO PELA LEO BURNETT TAILOR MADE, MAS OGILVY RECEBE MAIOR NÚMERO DE TROFEUS
Mas mesmo tendo recebido um Leão de Ouro a menos que a Alemanha e a Nova Zelândia (cada nação agraciada um dois), o Brasil está em segundo lugar no ranking dos países mais premiados em Direct nesta edição do Cannes Lions, somando 57 pontos advindos do seu Leão de Ouro, mais 6 de Prata, 2 de Bronze e 14 Finalistas.
(...)

17/06/2013 09:03HEINEKEN ROUBA A CENA ATÉ NOS BASTIDORES AO ARREBATAR O GRAND PRIX DE CREATIVE EFFECTIVENESSA Wieden+Kennedy Amsterdam vai dançar no palco do Palais de Festivals na cerimônia de gala mais uma vez, no melhor estilo James Bond, parodiando o nome do diretor do filme (Fredrik Bond) que estrela a campanha "Heineken's legendary journey: justifying a premium the world over", que correu pela web e outras plataformas, integrado à campanha da marca de cerveja cujas vendas, segundo a companhia, a Heineken International, efetivamente têm crescido graças ao trabalho brilhante de estratégia criativa de seus publicitários e produtores audiovisuais. Números não são divulgáveis – mas foram fornecidos aos jurados, presididos por Shelly Lazarus, chairman emeritus da Ogilvy & Mather, atestando a força da ideia, da estratégia e da efetividade da comunicação.
AUSTRÁLIA, NOVA ZELÂNDIA, REINO UNIDO E ESTADOS UNIDOS SÃO OS ÚNICOS PAÍSES QUE CONQUISTAM LEÕES NA ÁREA, ALÉM DA HOLANDA
Além do Grand Prix, nem mais uma estatueta na área para a Holanda. Os demais Creative Effectiveness Lions concedidos pelo júri foram para Austrália (2), Reino Unido (2), Nova Zelândia (1) e Estados Unidos).
(...)

16/06/2013 19:03ESTADOS UNIDOS E BRASIL VÃO COM TUDO PARA A FINAL DE PROMO & ACTIVATIONVai ser aquele páreo dificílimo. Dos 312 trabalhos inscritos, o Brasil classificou 32 na shortlist de Promo & Activation Lions, enquanto os Estados Unidos emplacaram 39 dentre as 374 inscrições encaminhadas a Cannes. Quem vem correndo atrás, nessa disputa, na terceira posição do ranking de nações com maior número de trabalhos Finalistas na área é a Austrália: 20 (o número de seus concorrentes, no total, era 148).


OGILVY TEM SETE INDICAÇÕES NA SHORTLIST. ALMAPBBDO, DDB E LODUCA TÊM DUAS CADA AGÊNCIA. TAMBÉM ESTÃO NA DISPUTA ENTRE AS BRASILEIRAS: AGE, AGÊNCIACLICK ISOBAR, ARTPLAN, DRAFTFCB, F/NAZCA S&S, FISCHER&FRIENDS, GREY 141, ID, JWT, LEO BURNETT TAILOR MADE, NEWSTYLE E SANTA CLARA
Com 11% de aumento no volume de peças para serem analisadas pelo júri em 2013 na comparação com 2012 (2.974 inscrições contra 2.674 do ano passado), Promo & Activation compôs uma shortlist de 265 trabalhos, segundo critério dos jurados presididos por Rob Schwartz, global creative presidente da TBWA\Worldwide.


(...)

16/06/2013 14:40CHANCES DE LEÕES EM PR SÃO MAIORES PARA ESTADOS UNIDOS E REINO UNIDOCom 15% de crescimento em seu número de inscrições em 2013, totalizando 1.296 trabalhos enviados à competição por 72 países, a área de PR Lions já pode festejar o fato de ter para apresentar aos delegados uma boa safra de cases este ano, composta por 158 Finalistas, selecionados pelos jurados presididos por David Gallagher, chief executive officer Europe, da Ketchum.


DDB, GREY 141, JWT, LEO BURNETT TAILOR MADE E OGILVY SÃO AS BRASILEIRAS NA SHORTLIST
Estados Unidos, mais uma vez, lideram a lista de trabalhos que permanecem na corrida aos Leões, com 21 cases, apenas 1 a mais que o Reino Unido, com seus 20, seguindo com mais distanciamento pela Alemanha, com 13. O Brasil vinha na quinta posição neste ranking, acompanhado pela Itália, com 8 Finalistas, ambos precedidos pela Austrália, somando 11 Finalistas.
(...)

16/06/2013 13:13ESTADOS UNIDOS E AUSTRÁLIA LIDERAM SHORTLIST DE DIRECT LIONSCom aumento de 9% nas inscrições, atingindo um total de 2.578 concorrentes, a área de Direct Lions continua com grande representatividade no Cannes Lions, em 2013 abrilhantando o festival com uma shortlist composta por 247 trabalhos, classificados segundo critérios dos jurados presididos por Mark Tutssel, worldwide chief creative da Leo Burnett.
AFRICA, AGE, ARTPLAN, DDB, GREY 141, LEO BURNETT TAILOR MADE, MOMA, NEWSTYLE, OGILVY E Y&R
 SÃO AS BRASILEIRAS QUE ESTÃO NA FINAL DE DIRECT LIONS
O Brasil participa da final com 23 indicações, uma excelente performance, que acompanha o desempenho australiano, com 28 Finalistas, e norte-americano, 27.

 Na quarta posição entre as nações com maior número de competidores na shortlist está a Alemanha: 20 Finalistas.
(...)

16/06/2013 11:14BRASIL SEM CASES FINALISTAS EM CREATIVE EFFECTIVENESSDas 120 inscrições efetuadas em Creative Effectiveness Lions em 2013, apenas 2 trabalhos eram do Brasil e nenhum deles emplacou na shortlist, que contempla somente 12 classificações, em decisão de júri presidido por Shelly Lazarus, chairman emeritus da Ogilvy & Mather, onde ingressou em 1971.
QUATRO AGÊNCIAS DE NEW YORK DÃO LIDERANÇA AOS ESTADOS UNIDOS NA SHORTLIST
O maior número de Finalistas é dos Estados Unidos: 4 trabalhos, com as agências Grey New York, Digitas/Crispin Porter+Bogusky New York, Droga5 New York e Johannes Leonardo New York. Em seguida empatam, na corrida aos Leões, Austrália e Reino Unido, com 2 Finalistas cada nação. Da Austrália, as classificadas são Ogilvy&Mather Sydney e Whybin\TBWA Sydney. Do Reino Unido, as agências finalistas são: Adam & Eve DDB London e Grey London.


Enquanto a imprensa trabalha na divulgação dos resultados que estão anunciados pela organização desde ontem, sábado, 15 de junho, inclusive permissão para que se assista a apresentação aos jurados dos trabalhos de Innovation Lios, os delegados já lotam o Palais de Festivals para acompanhar os seminários nos auditórios. Da sala de impresa (na foto ao lado), temos acesso aos seminários por meio de vídeos e uma magnífica varanda para dar uma espidianha na praia e respirar ar puro dentre um resultado e outro.
(...)

15/06/2013 22:45SEGUNDA POSIÇÃO NA SHORTLIST COM TRABALHOS DE EXCELÊNCIA INDICA BOAS CHANCES DE LEÃO PARA O BRASIL EM INNOVATIONO Brasil respondeu por 17 das 270 inscrições efetuadas na estreante área Innovation do Cannes Lions 2013, ou seja, 6,3% do investimento realizado pelos países competidores, e, segundo os critérios dos jurados, presidido por David Droga, fundador e creative chairman da Droga5, com sede em New York, teve qualidade e eficácia para transformar, desse volume, somente 3 trabalhos em Finalistas, portanto, apenas 1,1% do total, mas índice que lhe dá a segunda posição no ranking dos países nesta corrida pelos troféus, visto que Estados Unidos e Reino Unido estão empatados no primeiro lugar com 4 Finalistas cada, sendo que a entrada de cada uma dessas nações na competição se deu com 73 e 27 cases, respectivamente.

 As agências atuantes no mercado nacional que permanecem nesta fase de conquista de distinções são:

 AgênciaClick Isobar, DDB Brasil e ID.
COM 27% E 10% DO TOTAL DAS INSCRIÇÕES REALIZADAS, RESPECTIVAMENTE, EUA E REINO UNIDO LIDERAM SHORTLIST DE INNOVATION LIONS COM 4 FINALISTAS CADA. UM TRABALHO A MAIS QUE O BRASIL POR NAÇÃO
O maior número de inscrições depois de EUA, Reino Unido e Brasil foi da Alemanha, 16 trabalhos, não contemplada na shortlist. Em seguida, investiram na estreia da área: Austrália e Japão, com 13 cases cada; França, 10: Canadá e Suécia, 9 cada: Coreia do Sul e Holanda, 8 cada; México,  8; Argentina e Colômbia, 5; Bélgica, Índia e Polônia, 4 cada; Dinamarca, Emirados Árabes, Espanha, Malásia, Rússia e Singapura, 3 cada; China, Equador, Hong Kong, Indonésia e Venezuela, 2 cada; África do Sul, Filipinas, Finlândia, Hungria, Itália, Lituânia, Nova Zelândia, Noruega, Peru, República Checa, Suíça e Tunísia, 1 cada.
(...)

15/06/2013 20:03ONDE ENCONTRAR UMA JOIA DE GRANDE PESO EM QUILATES NO UNIVERSO DAS ARTES?Cerca de 12.000 profissionais, oriundos de 90 nações, estão inscritos no Cannes Lions 2013, ano no qual o mais grandioso e importante evento da comunicação de marketing e publicidade completa 60 anos de existência, motivo pelo qual os traços autênticos, incomplacentes e artisticamente brilhantes de Gerald Scarfe recebem "os convidados" na entrada no Palais des Festivals, tendo sido ele o criador do gigantesco banner que estampa, com personalidade e design diferenciados, o Leão alusivo ao troféu da premiação, tradicionalmente mais austero, pois tem sua origem na reprodução fiel de uma das esculturas mais apreciadas do mundo, o Leão Alado de Veneza, encomendado à joalheria Argentieri Miracuolli, de Milão, em 1969, data da instituição dos primeiros Leãos de Ouro em outorga aos trabalhos reconhecidos como vencedores.
MILIONÁRIO AOS 60 ANOS, O LEÃOZINHO DE CANNES NÃO SE CANSA DE DISTRIBUIR SUAS RIQUEZAS PARA DELEGADOS DE TODO O MUNDO QUE SE EMBRENHAM NAS AVENTURAS DOS MAIORES PUBLICITÁRIOS DO PLANETA POUSADOS EM CANNES. ELE TEM GARRA, ELE FAZ CICATRIZES, ELE ENGRANDECE MARCAS, ELE TEM FARO, ELE PODE REINAR... SE A INTELIGÊNCIA ACEITAR E A SENSIBILIDADE DOS CIDADÃOS CONCORDAR.
Scarfe foi atraído pelos organizados do evento com a missão de colaborar com o projeto de branding do Cannes Lions 2013, visando, fundamentalmente, a sinalização e ambientação da Croisette, de lugares próximos e do local do evento. "The artist was a clear match to help the festival celebrate 60 years of creativity. Not only has Gerald Scarfe been working professionally since the very earliest years of Cannes Lions, but throughout his career he's been pushing boundaries, a quality very much identified with our industry and celebrated at the festival. As part of our anniversary celebrations, we wanted to highlight the importance of creativity, which is at the heart of Cannes Lions, by having something unique and iconic commissioned befitting this special milestone in the history of the Festival”, esclarece Philip Thomas, Lions Festivals CEO, em nota à imprensa. "I've worked in the field of creativity for 60 years myself – and I've always loved drawing animals – so I was delighted to be part of this prestigious festival, particularly as it too is celebrating its 60th anniversary", revela Scarfe.
(...)

14/06/2013 19:3660 ANOS E AINDA MAIS RECORDESAo completar seis décadas de vida, o Cannes Lions mostra que está na sua melhor forma, com um total de 35.765 inscrições de 92 países – contra 34.301, provenientes de 87 nações em 2012, o que representa um crescimento de 4% em trabalhos concorrentes e de quase 6% em países. Comparados com os 187 filmes concorrentes da primeira versão do então Festival da SAWA, é de fato uma expansão fabulosa, considerando também que agora são 16 áreas de julgamento e que mais de 300 jurados irão trabalhar muito para selecionar os melhores em cada categoria.
OLHA O LEÃO NA JANELA! TEM A CARA DE PANELA? OLHA O LEÃO NO PORTÃO! TEM A CARA DE BABÃO? OLHA O LEÃO NA LINHA! É LADRÃO DE GALINHA? OLHA O LEÃO NA RUA! É LADRÃO DE PERUA? OLHA O LEÃO NA FEIRA! TEM A CARA DE OLHEIRA? TEM LEÃO NO ESPETÁCULO? TEM SIM SENHOR! TEM LEÃO MARMELADA? TEM NÃO SENHOR! TEM LEÃO FAROFADA? TEM SIM SENHOR! AMEMDOIM, PIPOCA E PIMENTA? ATÉ ÁGUA BENTA! TEM LEÃO NO ARMÁRIO? ATÉ SEXÁGENÁRIO! E O LEÃO DE QUEM É? É DE HOMEM, É DE MULHER... E QUEM NÃO GANHA LEÃO MESMO CHEGANDO CEDO? QUE VÁ CHUPAR LIMÃO AZEDO!
Em 2013, aumentou também o número de apresentações, que serão 138 (uma a mais que em 2012), entre os tradicionais seminários (60), fóruns (30), workshops (17, mais um bis de cada), master classes (10) e techtalks (10), além da série China Day, com 11 apresentações.
(...)

TV CANNES

O que é uma rica ideia?Presidente o júri de Film Lions, John Hegarty explica a decisão por dois GP e a prevalência da melhor ideia a serviço das marcas

Quem sarta cai ou não?Jurados entregam o Ouro pra polícia, mas não dão mole pra ladrão na hora do Grand Prix de Film. Resultado: Austrália morre na ponte!

Mais que o bom comumJoe Pytka afirma que o principal critério de Film Craft continua sendo o garimpo de exemplos de técnicas que elevam o padrão do setor

Olhos: só espelhos?It's time to do battle pela visão correta do mundo. Basta olhar pelo ângulo certo, como no GP de Filme Craft, "Meet the superhumans"

O amor que tu não me destes..."The lover" disputou o Grand Prix, mas a ousadia da mensagem deixou os jurados inseguros na hora da definição da premiação

Löwen und gejagtUma alma alemã, cinco Leões de repercussão mundial para F/Nazca Saatchi & Saatchi e Sentimental Filmes

Arte que ardeEm "Metamorphosis", o silêncio é ensurdecedor ao atrair o público para as obras de Titian, na National Gallery, sob patrocínio do Credit Suisse

Escolha difícilScott Donation, presidente do júri de Branded Content & Entertainment, fala da experiência única no Cannes Lions e do GP

Don't tell me againPara Dan Wieden, não há livro de receita para julgar Titanium e Integrated. Simplesmente o melhor tem de ficar na sua cabeça depois de tudo

Assim como é em cima...Bob Greenberg, presidente do júri de Cyber, vê o cyberspace conectando pessoas com o sistema espacial das marcas em todo Planeta

Escalas da falaMary Lewis, presidente do júri de Design Lions, inicia conversa com jornalistas lembrando que tudo acontece por meio do design na comunicação

Canais integrados Ralph van Dijk, presidente do júri de Radio Lions, conversa com jornalistas no Palais de Festivals, na divulgação dos resultados

Sem troca-troca de Leões por reinosPresidente do júri de Press Lions, Marcello Serpa não vê lucro – nem sentido algum – em torcida por país na caça aos Leões em Cannes

Poucas palavrasFoi rápido o diálogo entre o júri presidido por Tony Granger e a imprensa sob o impacto do resultados anunciados em Outdoor

Aprendizado em campoJack Klues, presidente do júri de Media, conta que jornadas foram longas, mas que o tempo passa rápido quando inscrições têm qualidade

Defunto, sim. Sem velas, não!Antes que fosse tarde também para os negócios, a Delá mandou bem entre os de cá, na Holanda, com campanha que virou GP de Media

O incrível de hoje tem futuro amanhã?David Droga, creative chairman da Droga5, fala dos desafios dos jurados na estreia da área de Innovation Lions

Uma odisseia no PalaisSem varinhas, Cinder faz mágicas criativas que conectam o presente com o futuro quando o propósito é dialogar com novas gerações

The word is...Levar a palavra virou coisa de criança para a Smart Communications e Grand Prinx de Mobile Lions cheio de aplausos

Don't be lateRei Inamoto, presidente do júri de Mobile Lions, é acertivo sobre as qualidades do Grand Prix, que também encantou as Filipinas

Sem deceparRob Schwartz, presidente do júri de Promo & Activation, defende integração estratégica para fortalecimento da ideia

Na hora do apito...Homem de Lata com coração pra produzir filme que dá apoio do Sport Club do Recife à Central de Transplantes de Pernambuco

Discutindo relaçõesDavid Gallagher, chief executive officer Europe, da Ketchum, reforça: júri de PR não premia trabalho de propaganda

Valor asseguradoMark Tutssel, presidente do júri de Direct Lions, reafirma a busca de benchmark para a atividade em avaliação e premiação dos inscritos

Direct GPCaiu no gosto popular, fazendo piada de comportamento estúpido sem ser vulgar. E a Metro Trains obteve 21% de redução em mortes

Carga criativa totalPoder e charme com efetividade nas palavras de Shelly Lazzarus, chairman emeritus da Ogilvy & Mather

Effectiveness Grand PrixRevelou como e porque a mágica dá certo. Perdeu a graça? Não. Achou um novo nicho para aguçar o paladar dos amantes de Heineken

Esse cara..."Esse cara sou eu?", pergunta o Leão. Gerald Scarfe responde: "Por que, não gostou?" "Não é bem isso", replica o leãozinho, confessando: "É que tô me achando meio gato. Entende?!"

Patrocínio

BuscaRápida

Esqueci! Cadastre-se
© 2002- Revista About e Portal da Propaganda
Redação, Administração, Publicidade, Circulação e Prêmios - R. Cardoso de Almeida 788, 11º andar, cj. 112/113 - Perdizes - CEP 05013-001
São Paulo - SP - Tel. (11) 3675-9065