Portal da Propaganda www.portaldapropaganda.com

15/04/2014 19:36QUANDO FALAR "NÃO" PARA SEU CHEFE (OU CLIENTE)Você dedica um tempo incrível para estruturar um trabalho: pesquisa, discute, estuda, debruça horas sobre o projeto e, com um grande sentimento de dever cumprido, olha para o material finalizado, cheio de orgulho. Ao apresentá-lo para seu chefe (ou cliente) que, após um olhar rápido, impreciso, sem o completo embasamento necessário, desqualifica o projeto e pede, levando em conta a sua visão equivocada, para que seja reformulado. Com o coração acelerado, a garganta seca, a cabeça fervendo, você está diante de três diferentes cenários:


1) Dizer “sim” e admitir que estava errado;


2) Dizer “sim” e descobrir que estava certo”;


3) Dizer “não” e assumir os riscos.


A SITUAÇÃO ACIMA PODE OCORRER PORQUE:
(  ) SEU PÉ É GRANDE, SUAS PERNAS SÃO PELUDAS, VOCÊ SÓ USA CALÇA COMPRIDA PRA TRABALHAR – EXCETO QUANDO LIBERAM O BERMUDÃO POR CAUSA DO CALOR –, SUAS GRAVATAS ESTÃO MEIO FORA DE MODA E, QUANDO VOCÊ NÃO FAZ A BARBA, OS PELOS CRESCEM.
(   ) SEU PÉ NÃO É MUITO GRANTE, MAS VOCÊ ODEIA SALTO ALTO; SUAS PERNAS FICAM MAIS TEMPO PELUDAS DO QUE AS DE OUTRAS PESSOAS QUE VOCÊ CONHECE; VOCÊ USA SAIA, MAS PREFERE CALÇA JEANS NO DIA A DIA; SUA BARRIGA ESTÁ MEIO ESTUFADONA; SUAS CAMISETAS FAZEM COM QUE SEUS SEIOS SEJAM VISTOS COMO PARTE DA ESTAMPA DAS SALADAS DE FRUTAS QUE VOCÊ GOSTA DE OSTENTAR; VOCÊ NÃO PRECISA FAZER BARBA, MAS, MESMO ASSIM, TEM UNS PELINHOS ENCRAVADOS DUROS DE ELIMINAR COM PINÇA.
(  ) VOCÊ É LINDÍSSIMO, CHEIROSÍSSIMO, FOFÍSSIMO, ELEGANTÉRRIMO, CONFIÁVEL, AMIGÁVEL, SIMPÁTICO, EXTREMAMENTE COMPETENTE, MAS NÃO GOSTA DE TER RELACIONAMENTO SEXUAL COM MULHERES.
(  ) VOCÊ É LÍNDISSIMA, CHEIROSÍSSIMA, FOFÍSSIMA, ELEGANTÍSSIMA, CONFIÁVEL, AMIGÁVEL, SIMPÁTICA, EXTREMAMENTE COMPETENTE, MAS NÃO GOSTA DE TER RELACIONAMENTO SEXUAL COM HOMENS QUE NÃO SEJAM SEUS NAMORADOS, NOIVOS OU MARIDOS.
(  ) VOCÊ NÃO LATE, MAS ABANA O RABO PRA QUALQUER UM; VOCÊ NÃO MORDE, MAS FOGE QUANDO ALGUÉM ROSNA PRA VOCÊ; QUANDO É MORDIDO, VOCÊ PENSA EM MORDER DE VOLTA E CHEGA A MOSTRAR OS DENTES; VOCÊ NÃO FUMA, MAS FUMA; VOCÊ NÃO SABE OFERECER PROPINA, SUBORNO, MAS DEVERIA SABER; VOCÊ NÃO ACEITA SUBORNO, PROPINA, MAS DEVERIA ACEITAR.
(  ) VOCÊ É INCOMPETENTE, MAS ENXERGA O MUNDO TOTALMENTE AO CONTRÁRIO.
(  ) VOCÊ É COMPETENTE, MAS ENXERGA O MUNDO TOTALMENTE AO CONTRÁRIO.
(  ) VOCÊ NÃO ENXERGA O BEM QUE O PRÓXIMO LHE FAZ QUANDO APONTA SEUS DEFEITOS, ESTEJA ELE EM CARGO ACIMA OU ABAIXO DO SEU, INCLUSIVE OS QUE VOCÊ NÃO TEM, MAS PODE VIR A TER SE OUSAR CONTRARIAR O CRÍTICO.
(  ) VOCÊ MORA NUM PAÍS COMUNISTA.
(  ) VOCÊ MORA NO BRASIL.

(  ) VOCÊ NÃO ACREDITA, MAS ACREDITA, EM CPIs.
Cenário exposto, corda no pescoço, o questionamento é inevitável: qual decisão tomar? Neste momento, somente essas duas palavras resolvem a situação: sim ou não.
(...)

15/04/2014 01:16LIDERANÇA E MUDANÇA     Quando uma empresa passa por uma transformação ou implementação de um projeto, existe uma preocupação de seus dirigentes com a eventual resistência que os colaboradores possam demonstrar em função das mudanças futuras. Atividades de team-buiding são programadas, livros como “Quem mexeu no meu queijo” são distribuídos etc. O que os gestores se esquecem é que a cultura de uma empresa começou a ser estabelecida por seus fundadores e que essa cultura foi se solidificando à medida que novos gestores foram sendo contratados, pois é natural que os fundadores busquem, para seus quadros, pessoas que compartilhem de seus valores, crenças e pressupostos.
EM BRIGA DE LÍDER E GESTOR, É MELHOR METER A COLHER DE UM CONSULTOR. SINCRONIZADOS, LÍDERES E GESTORES MUDAM PARA MELHOR O QUE PODE ESTAR CAMINHANDO PARA O PIOR, MAS QUANDO A RELAÇÃO ENTRE ELES AZEDA, O FUTURO FICA MAIS LONGE, O PRESENTE SE AGLOMERA COM A MÁ VONTADE E O RESULTADO É UMA EMPRESA EM DIFICULDADES, CHEIRANDO A MALDADES
[...] Gerenciar é fazer com que as coisas aconteçam no curto prazo. Já liderar é pensar em novos caminhos para o futuro e inspirar as pessoas a desejarem esse futuro. As empresas não têm formado líderes, apenas gestores. Uma transformação exige líderes. Um gestor espera que as pessoas façam o que elas mandam e este não é o melhor caminho para uma transformação.
(...)

11/04/2014 17:30O MARKETING DO ESPÍRITO HUMANO E A CONQUISTA DOS ALUNOS DA GERAÇÃO ZA geração “Y” ficou para trás. Já estabelecida no mercado de trabalho e envolta com as suas dificuldades em conquistar o equilíbrio entre a realização profissional e pessoal, cede espaço à “Z”. Esta, porém, pasmem, não tem ideia do que acontecerá com seu futuro. Quer apenas desfrutar o hoje. O vasto acesso à informação permite a esses jovens sentir que o mundo cabe em suas mãos. Num ambiente de excessos, a opinião de seus amigos é confiável e mais influente do que a das marcas. É o que aponta estudo inédito sobre a Geração @ e as mudanças dos consumidores teen, realizada pela Enfoque Pesquisa de Marketing.
– CONSUMIDOR TEEN É DEUS, NÉ DEFU?
– OI? COMO ASSIM? DEUS SOU EU.
– Ô MANÉ, VAI IMITAR O DAN STULBACH, AGORA? NOSSA, NÃO DÁ PRA CONVERSAR SÉRIO CONTIGO. NEM JÔ SOARES TE AGUENTARIA.
– STUL O QUÊ? BACH TÁ VIVO? E VIVO AÍ NA TUA TERRINHA COM NOME DE ÍNDIO? HAHAHA.... QUE MACARRONADA, HEIN, FLOR! E DEPOIS O LOUCO SOU EU. ALIÁS, DO JEITO QUE ANDO PERDENDO MEU TEMPINHO AQUI PRA FICAR SENDO CONFUNDINDO COM QUALQUER UM QUE SE NOMEIE DEUS, SÓ POSSO TER ENLOUQUECIDO MESMO.
– OI? NOME DE ÍNDIO? OLHA O RESPEITO, DEFU. ATÉ CONSUMIDOR TEEN TEM MAIS RESPEITO COM O NOME E A MARCA DOS OUTROS DO QUE TU.
– PESQUISA PRA TU TIRARES A PROVA. PESQUISA. TAÍ, BOA IDEIA. QUE TAL UMA GRIFE COM MEU NOME?
– DEFU OU MANÉ?
– DEUS, MADONA. D-E-U-S.
– E NAS CAMISETAS A GENTE ESTAMPA O QUE OU QUEM?
– HAHAHA.... CADA UM A SUA PRÓPRIA IMAGEM E SEMELHANÇA. TUDO PERSONALIZADA. HAHAHA.... A TEENZADA VAI AMAR. ELES SE AMAM O TEMPO TODO MESMO.
– QUER SABER, PREFIRO OS OLHOS AZUIS ACINZENTADOS DO STULBACH...
– TSTSTSÉ... DUBLÊ DELE MESMO. TEM OUTRO COM A MESMA CARA EM HOLLYWOOD. ALIÁS, ELE É BOM MESMO NESSA DUBLAÇÃO?
– DEFU, SE LIGA. DEIXA O CARA, MEU DEUS! E QUER SABER: SEGUINDO ESSA LINHA, ANTES DELE VEM O WASHINGTON OLIVETTO, O FÁBIO FERNANDES, O NIZAN GUANAES... PODE PERGUNTAR PRA TEENZADA DA PROPAGANDA. TUDO DEUS. SEM A BÊNÇÃO DELES, CADÊ CARREIRA?!
– HAHAHA.... DEUS SOU EU, FLOR. SE LIGA E NÃO ERRA MAIS. COM OU SEM DUBLÊ, COM OU SEM TEATRO ISRAELENSE, COM OU SEM CACHÊ, COM OU SEM GERAÇÃO Y OU Z, MEU NOME É DEUS, MAS, SE TU QUISERES, PODE ME CHAMAR DE DEFU, PODE ME CHAMAR DE MANÉ...
– E O OSCAR VAI PARA... CONTRARIAR DÁ EM NADA.

Uma das principais etapas na vida dos “Z” é entrar na faculdade. Entretanto, muitas instituições de ensino superior ainda torcem o nariz quando o assunto é tratar o aluno como o seu principal cliente, ignorando seu perfil, receios e desejos. As mais de 2.400 instituições de ensino superior (IES) no Brasil, que concentram os sete milhões de alunos matriculados no País, vivem dilemas que antes não preocupavam a alta administração. O marketing, outrora uma área de luxo, torna-se um setor estratégico e fundamental no processo de entender as necessidades dessa geração e oferecer atrativos que retenham o estudante durante todo o curso. Além disso, espera-se que ele construa uma admiração pela marca e saia da faculdade com um alto índice de satisfação e identificação, a ponto de voltar para cursar pós-graduação, indicar a instituição ou simplesmente reencontrar amigos e professores.

(...)

Newsletter

Assine a newsletter. É rápido e grátis.

BuscaRápida

Esqueci! Cadastre-se
© 2002- Revista About e Portal da Propaganda
Redação, Administração, Publicidade, Circulação e Prêmios - R. Cardoso de Almeida 788, 11º andar, cj. 112/113 - Perdizes - CEP 05013-001
São Paulo - SP - Tel. (11) 3675-9065